Arquivos de Categoria: Economia

Rádio no carro: Item indispensável para compradores europeus, revela Edison Research

Grande maioria dos compradores de carros desistiriam da aquisição se o veículo não contar com um rádio entre as opções de serviço.

O rádio deverá permanecer hegemônico no carro por um bom tempo, pelo menos é o que revela uma pesquisa conduzida pela Edison Research para a WorldDAB. A empresa entrevistou compradores de carros na Alemanha, França e Reino Unido e os resultados revelaram que quase a totalidade desse público desistiria da aquisição de um novo veículo se ele não contasse com um rádio disponível. Para o público entrevistado, 91% dos compradores de carros disseram que era importante que seu próximo carro ou o mais recente tivesse um rádio DAB/DAB+ (rádio digital europeu) ou FM.

Além dos 91% dos compradores que deram importância para a presença do rádio no automóvel, 82% dos potenciais compradores de carros e 79% dos compradores recentes de carros disseram que a falta de um rádio convencional os tornaria muito menos ou um pouco menos propensos a comprar o carro, algo que as montadoras precisam levar em consideração em suas decisões sobre tecnologia embarcada nos novos modelos.

No geral, segundo o levantamento, 86% disseram que “realmente sentiriam falta de ter um rádio no veículo se ele não estivesse mais disponível”. A mesma porcentagem relatou ter ouvido rádio DAB/DAB+ ou FM enquanto estava no veículo durante a semana anterior. E nas respostas, havia afirmações como “se não houvesse rádio, seria terrível. Eu preferiria ficar sem o ar-condicionado”, de acordo com um dos entrevistados.

A pesquisa também apontou que 87% dos compradores recentes ou em potencial sentiram que os sinais de rádio são consistentemente confiáveis, e 75% concordaram que o rádio proporciona uma experiência de audição melhor no carro em comparação com outros tipos de fontes de áudio.

Recentemente, o tudoradio.com repercutiu uma reportagem que mostra o embate entre montadoras automotivas e big techs, contra a padronização da experiência de mídia e serviços dentro dos veículos. Mas nos dois cenários, até o momento, o rádio está totalmente contemplado, presente em sistemas operacionais das big techs para automóveis (inclusive no novo Apple CarPlay), como também nos ambientes desenvolvidos pelas marcas automotivas. É consenso que o rádio precisa preservar essa situação e pode auxiliar as montadoras nesse processo de diferenciação da experiência.

Ainda sobre a pesquisa, ela foi feita de forma quantitativa e qualitativa pela Edison Research, sob o nome de “Dashboard Dialogue”, e foi apresentada durante o WorldDAB Automotive 2023. No recorte sobre a tecnologia de rádio digital europeu, na pesquisa, os ouvintes disseram que ele oferecia um som mais claro. A disponibilidade de novas estações e formatos por meio do rádio digital também foi valorizada. “Descobri algumas novas estações e agora tenho essa ótima tela”, disse um participante da pesquisa.

O DAB+, que é o rádio digital europeu via ondas terrestres, está se consolidando como um recurso padrão dos carros na Europa, com 96% dos carros novos em 2022 sendo equipados com receptores DAB+, segundo dados apresentados na conferência.

Na pesquisa Dashboard Dialogue, foram ouvidos 2.422 adultos na França, Alemanha e Reino Unido que compraram ou alugaram um veículo novo nos últimos três anos ou que planejavam adquirir um carro novo nos próximos 12 meses, sendo contatados em maio de 2023. Além disso, entrevistas qualitativas foram conduzidas com 36 ouvintes de rádio que compraram ou alugaram um carro novo nos últimos três anos. Metade foi entrevistada em seu próprio carro; metade em um veículo desconhecido.

FCDL visita entidades locais

Vander Batista, no programa Bom dia Imigrantes, conversa com o presidente da FCDL (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas), Onildo Dalbosco Junior; o vice-presidente de Assuntos Públicos e Políticos, José Manoel Ramos e o diretor distrital Eires Simão. A Federação tem feito reuniões com as CDLs para entender os anseios locais.

 

SindArroz-SC celebra qualidade e produtividade do arroz colhido em Santa Catarina

SindArroz-SC celebra qualidade e produtividade do arroz

Com a colheita de arroz praticamente finalizada no Estado, o Sindicato das Indústrias de Arroz de Santa Catarina (SindArroz-SC) celebra os bons resultados obtidos na safra 2022/2023, principalmente no que diz respeito à qualidade dos grãos cultivados em solo catarinense. Além disso, a produtividade também foi positiva, tornando o cenário favorável tanto para os produtores, quanto para as empresas que beneficiam o alimento.

A safra, que iniciou o plantio em meados de agosto, já está com 99,9% da área semeada colhida, segundo Boletim Agropecuário disponibilizado pela Epagri/Cepa na segunda quinzena de maio. Já com aproximadamente 147 mil hectares colhidos, no momento, os produtores catarinenses têm focado os últimos esforços no rebroto do arroz. Em comparação ao ano passado, segundo análise da instituição, os grãos apresentam boa produtividade e, em alguns casos, chegam a ultrapassar a média de 220 sacos por hectare.

Conforme o presidente do SindArroz-SC, Walmir Rampinelli, a colheita deste ano não foi tão estendida quanto às anteriores, muito por conta de novos maquinários que entraram na região e equipamentos com maior produtividade. “O produtor sempre tem necessidade de retirar seu produto o mais rápido possível das lavouras e colocá-lo em um lugar de segurança, para que consiga dormir tranquilo. Então vemos este fator como um ponto bastante positivo da colheita desta safra”, ressalta.

Na mesma linha, o produto deste ano pode ser avaliado como de excelente qualidade, segundo Rampinelli. “As indústrias estão satisfeitas com a qualidade do arroz e o produtor também, pois a produtividade foi boa. Tivemos um tempo favorável, água suficiente. Fomos privilegiados e pudemos registrar uma safra altamente positiva, com produtos de qualidade e de grande rentabilidade, tanto para o produtor quanto para as indústrias, favorecendo toda a cadeia com bons resultados”, completa.

Região de Tubarão

Uma situação mais atípica em Santa Catarina foi registrada na região de Tubarão, que acabou sofrendo os impactos de uma enchente registrada entre o fim de novembro e o início de dezembro de 2022. As inundações atingiram em torno de 2,5 mil hectares, destruindo a produção de 14% do território plantado na localidade.

O replantio foi realizado na região entre dezembro e janeiro, e o arroz cultivado desde então tem sido colhido, devendo manter a qualidade do grão, apenas com uma produtividade em torno de 5% menor do que a registrada na safra passada.

Exposição Rota do Arroz inicia dia 7 de junho

Ítalo Zaccaron apresentou a exposição fotográfica aos ouvintes no programa Clube do Ouvinte. Confira os detalhes sobre o projeto na entrevista concedida a jornalista Renata Tonetto Angeloni.

Deputados são empossados na ALESC nesta quarta-feira

Nesta quarta-feira 1° de fevereiro são empossados os deputados estaduais eleitos em outubro de 2022.

Ninonmar Moro esteve presente na Assembléia Legislativa de Santa Catarina onde entrevistou os deputados Tiago Zilli (MDB), Zé Milton (PP) e o prefeito de Turvo Sandro Cirimbelli (PP).

Ouça na íntegra!

 

Prefeito de Turvo cumpre agenda em Brasília

Sandro Cirimbeli (PP) acompanhado do vice-prefeito, Oswaldo Fávaro e do vereador Patrick Fávaro Nazari cumprem agenda em Brasília, capital federal. Nesta manhã de quarta-feira (23/11) ele concedeu entrevista no programa Café com Notícias. Ouça aqui: