Arquivos de Categoria: Brasil

Turvo atualiza informações sobre a dengue

Turvo atualiza informações sobre a dengue: Secretaria de Saúde, Renata Ribeiro e o diretor médico, dr. Richard Trajano participaram do Programa Café com Notícias desta segunda-feira (26/02). Ouça e assista a entrevista completa aqui:

Argel detalha sobre arquitetura no Vozes do município

O arquiteto, Argel Bilésimo, conta no quadro Vozes do município, do Clube do ouvinte, com a jornalista Renata Tonetto Angeloni sobre quem é o Argel por ele mesmo e como a arquitetura entrou na sua vida. Ainda apresenta sobre qual a importância da arquitetura na sociedade, quais os projetos que mais ganharam fama/destaque na sua carreira e quais os planos futuros para o escritório. Confira a entrevista:

Subsecção da OAB de Turvo alerta sobre golpes q

Subsecção da OAB de Turvo alerta sobre golpes que estão ocorrendo diariamente entre clientes e advogados: Dr. Geraldo Machado Cotta Junior (presidente) e Dra. Giselle Longaretti Souza (presidente da comissão da mulher advogada) participaram do Programa Café com Notícias desta quinta-feira (27/07). Ouça e assista a entrevista completa aqui:

Resposta ágil soluciona foco de gripe aviária

Os profissionais da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) apresentaram em primeira mão, na sede da Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc), aos gestores da associação, com a participação de profissionais da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec), a finalização das ações de campo propostas no plano de contingência, no caso de gripe aviária em Maracajá. Atuaram na região médicos veterinários da Cidasc e do Icasa, além de técnicos agropecuários e auxiliares operacionais da Companhia. O foco foi encerrado e a operação concluída com sucesso.

Na manhã desta quinta-feira (27/7), o médico veterinário e diretor de Defesa Agropecuária da Cidasc, Diego Rodrigo Torres Severo, apresentou todo o processo adotado desde a notificação do caso. Enfatizou a importância da comunicação à Cidasc de qualquer caso suspeito, sendo que esta agilidade garante o controle de possíveis casos, no qual o produtor recebe total suporte, incluindo a indenização, caso necessário.

O caso de gripe aviária em ave de fundo de quintal, em Santa Catarina, foi o primeiro registro em criação de subsistência, sendo notificado no dia 15 de julho. O prazo de finalização do protocolo seria na próxima sexta-feira (28/7), mas foi encerrado nesta quarta-feira (26/7). O objetivo foi alcançado com a desmobilização das equipes que atuaram no entorno do foco: “Foi um poder de mobilização muito grande. Desde a comunicação pelo MAPA do laudo positivo para influenza aviária, em pouco tempo estávamos todos mobilizados e atuando para desencadeamento das ações no menor tempo possível”, conta o diretor de Defesa Agropecuária da Cidasc.

“Não pode haver medo de comunicar, pois a atuação rápida é que assegura conter o problema. O produtor será bem amparado, incluindo a indenização. Apenas as aves da propriedade positivada passaram por depopulação. Fizemos toda a varredura em uma área de dez quilômetros. Houve apenas uma suspeita, que foi coletada e descartada com laudo negativo para influenza aviária”, explica Diego.

O presidente do Colegiado de Agricultura e Meio Ambiente da Amesc, secretário de Agricultura de Turvo, Claudio Januário, parabenizou a atuação ágil da Cidasc, Icasa e órgãos competentes do Estado pela atuação, bem como pelo esclarecimento e reforça a parceria dos municípios em levar informações e ser parceiros.

Dr. Roberto Salvaro apresenta os 10 mandamentos para um bom sono

Dr. Roberto Salvaro apresenta os 10 mandamentos para um bom sono: Ele participou do Programa Café com Notícias desta sexta-feira (21/07/23). Ouça e assista a entrevista completa aqui para os adultos terem um bom sono:

Município realiza 11ª Conferência Municipal de Assistência Social

Nesta terça-feira, 04 de julho, com o Tema: “Reconstrução do SUAS: “O SUAS  que temos e o SUAS que queremos, o Conselho Municipal de Assistência Social, CMAS, e a Secretaria Municipal de Ação Social, convidam a população para a 11ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL de Meleiro.
A Conferência será realizada no Centro de Convivência dos Idosos. A Programação inicia às 12h30min com acolhida dos participantes; Solenidade de Abertura com a presença de autoridades e apresentação cultural; Leitura do Regimento Interno; Cenário do SUAS no Município, pela Secretária de Ação Social Elixsandra da Silva Mota; Palestra Magna: “Reconstrução do SUAS: O SUAS que temos e o SUAS que queremos e apresentação dos 5 eixos que nortearão a Conferência, a cargo da Mestre em Serviço Social, Karla Borges. Após a palestra serão definidos os grupos de trabalhos,
Grupos de Trabalho:
EIXO 1–Financiamento: Financiamento e orçamento da política da Assistência Social (federal, estadual e municipal).
EIXO 2–Controle Social: Qualificação e estruturação das instâncias de Controle Social com diretrizes democráticas e participativas.
EIXO 3–Articulação entre segmentos: Como potencializar a Participação Social no SUAS?
EIXO 4–Serviços, Programas e Projetos: Universalização do acesso e integração da oferta dos serviços e direitos no SUAS.
EIXO 5–Benefício e transferência de renda: A importância dos benefícios socioassistenciais e o direito à garantia de renda como proteção social na reconfiguração do SUAS.
-Plenária Final: Deliberações a partir das prioridades definidas pelos Grupos de Trabalho.
-Após a definição das propostas de deliberação, construídas pelos Grupos de Trabalho, estas serão apreciadas e votadas pela –Plenária Final.
– Apresentação de Moções.
– Eleição dos delegados para a Conferência Estadual de Assistência Social.
– Encerramento e lanche.
A previsão de conclusão é para às 16h30min
Foto: Ilustração

Projeto de financiamento é explicado

Prefeito Sandro Cirimbelli e secretário de Administração e Finaças, José Tadeu Arceno, detalham projeto de financiamento enviado para a Câmara de Vereadores: Os dois participaram do Programa Café com Notícias desta quinta-feira (29/06). Ouça e assista a entrevista completa aqui:

Rádio no carro: Item indispensável para compradores europeus, revela Edison Research

Grande maioria dos compradores de carros desistiriam da aquisição se o veículo não contar com um rádio entre as opções de serviço.

O rádio deverá permanecer hegemônico no carro por um bom tempo, pelo menos é o que revela uma pesquisa conduzida pela Edison Research para a WorldDAB. A empresa entrevistou compradores de carros na Alemanha, França e Reino Unido e os resultados revelaram que quase a totalidade desse público desistiria da aquisição de um novo veículo se ele não contasse com um rádio disponível. Para o público entrevistado, 91% dos compradores de carros disseram que era importante que seu próximo carro ou o mais recente tivesse um rádio DAB/DAB+ (rádio digital europeu) ou FM.

Além dos 91% dos compradores que deram importância para a presença do rádio no automóvel, 82% dos potenciais compradores de carros e 79% dos compradores recentes de carros disseram que a falta de um rádio convencional os tornaria muito menos ou um pouco menos propensos a comprar o carro, algo que as montadoras precisam levar em consideração em suas decisões sobre tecnologia embarcada nos novos modelos.

No geral, segundo o levantamento, 86% disseram que “realmente sentiriam falta de ter um rádio no veículo se ele não estivesse mais disponível”. A mesma porcentagem relatou ter ouvido rádio DAB/DAB+ ou FM enquanto estava no veículo durante a semana anterior. E nas respostas, havia afirmações como “se não houvesse rádio, seria terrível. Eu preferiria ficar sem o ar-condicionado”, de acordo com um dos entrevistados.

A pesquisa também apontou que 87% dos compradores recentes ou em potencial sentiram que os sinais de rádio são consistentemente confiáveis, e 75% concordaram que o rádio proporciona uma experiência de audição melhor no carro em comparação com outros tipos de fontes de áudio.

Recentemente, o tudoradio.com repercutiu uma reportagem que mostra o embate entre montadoras automotivas e big techs, contra a padronização da experiência de mídia e serviços dentro dos veículos. Mas nos dois cenários, até o momento, o rádio está totalmente contemplado, presente em sistemas operacionais das big techs para automóveis (inclusive no novo Apple CarPlay), como também nos ambientes desenvolvidos pelas marcas automotivas. É consenso que o rádio precisa preservar essa situação e pode auxiliar as montadoras nesse processo de diferenciação da experiência.

Ainda sobre a pesquisa, ela foi feita de forma quantitativa e qualitativa pela Edison Research, sob o nome de “Dashboard Dialogue”, e foi apresentada durante o WorldDAB Automotive 2023. No recorte sobre a tecnologia de rádio digital europeu, na pesquisa, os ouvintes disseram que ele oferecia um som mais claro. A disponibilidade de novas estações e formatos por meio do rádio digital também foi valorizada. “Descobri algumas novas estações e agora tenho essa ótima tela”, disse um participante da pesquisa.

O DAB+, que é o rádio digital europeu via ondas terrestres, está se consolidando como um recurso padrão dos carros na Europa, com 96% dos carros novos em 2022 sendo equipados com receptores DAB+, segundo dados apresentados na conferência.

Na pesquisa Dashboard Dialogue, foram ouvidos 2.422 adultos na França, Alemanha e Reino Unido que compraram ou alugaram um veículo novo nos últimos três anos ou que planejavam adquirir um carro novo nos próximos 12 meses, sendo contatados em maio de 2023. Além disso, entrevistas qualitativas foram conduzidas com 36 ouvintes de rádio que compraram ou alugaram um carro novo nos últimos três anos. Metade foi entrevistada em seu próprio carro; metade em um veículo desconhecido.

SindArroz-SC celebra qualidade e produtividade do arroz colhido em Santa Catarina

SindArroz-SC celebra qualidade e produtividade do arroz

Com a colheita de arroz praticamente finalizada no Estado, o Sindicato das Indústrias de Arroz de Santa Catarina (SindArroz-SC) celebra os bons resultados obtidos na safra 2022/2023, principalmente no que diz respeito à qualidade dos grãos cultivados em solo catarinense. Além disso, a produtividade também foi positiva, tornando o cenário favorável tanto para os produtores, quanto para as empresas que beneficiam o alimento.

A safra, que iniciou o plantio em meados de agosto, já está com 99,9% da área semeada colhida, segundo Boletim Agropecuário disponibilizado pela Epagri/Cepa na segunda quinzena de maio. Já com aproximadamente 147 mil hectares colhidos, no momento, os produtores catarinenses têm focado os últimos esforços no rebroto do arroz. Em comparação ao ano passado, segundo análise da instituição, os grãos apresentam boa produtividade e, em alguns casos, chegam a ultrapassar a média de 220 sacos por hectare.

Conforme o presidente do SindArroz-SC, Walmir Rampinelli, a colheita deste ano não foi tão estendida quanto às anteriores, muito por conta de novos maquinários que entraram na região e equipamentos com maior produtividade. “O produtor sempre tem necessidade de retirar seu produto o mais rápido possível das lavouras e colocá-lo em um lugar de segurança, para que consiga dormir tranquilo. Então vemos este fator como um ponto bastante positivo da colheita desta safra”, ressalta.

Na mesma linha, o produto deste ano pode ser avaliado como de excelente qualidade, segundo Rampinelli. “As indústrias estão satisfeitas com a qualidade do arroz e o produtor também, pois a produtividade foi boa. Tivemos um tempo favorável, água suficiente. Fomos privilegiados e pudemos registrar uma safra altamente positiva, com produtos de qualidade e de grande rentabilidade, tanto para o produtor quanto para as indústrias, favorecendo toda a cadeia com bons resultados”, completa.

Região de Tubarão

Uma situação mais atípica em Santa Catarina foi registrada na região de Tubarão, que acabou sofrendo os impactos de uma enchente registrada entre o fim de novembro e o início de dezembro de 2022. As inundações atingiram em torno de 2,5 mil hectares, destruindo a produção de 14% do território plantado na localidade.

O replantio foi realizado na região entre dezembro e janeiro, e o arroz cultivado desde então tem sido colhido, devendo manter a qualidade do grão, apenas com uma produtividade em torno de 5% menor do que a registrada na safra passada.

Geoparque Caminhos dos Cânions do Sul vai ganhar rota turística

Uma série de reuniões, a partir desta semana, marca o início do projeto de roteirização turística do Geoparque Mundial da Unesco Caminhos dos Cânions do Sul. Participam da iniciativa os municípios de Morro Grande, Jacinto Machado, Timbé do Sul e Praia Grande, no Extremo Sul catarinense, além de Torres, Mampituba e Cambará, no Litoral Norte e Serra gaúcha.

Os encontros são organizados pela equipe técnica do Sebrae/SC, entidade responsável pela elaboração do projeto. A roteirização é uma estratégia para o desenvolvimento turístico dos municípios que integram o geoparque em Santa Catarina (SC) e no Rio Grande do Sul (RS).

“A roteirização é o primeiro passo para identificar e agrupar os empreendimentos, produtos e serviços que farão parte do trade ou cadeira turística. Dessa forma, conseguiremos oferecer aos visitantes e turistas atrativos de forma clara e organizada, além de potencializar a divulgação do destino”, explica a gestora de projetos da Regional Sul do Sebrae/SC, Juliana Ghizzo.

Em um segundo momento, a iniciativa terá como objetivo organizar, capacitar e identificar formas de diversificar a oferta turística nos municípios que integram o Geoparque Caminhos dos Cânions do Sul.

Os encontros são abertos a toda a comunidade, em especial aos interessados em fazer parte do trade turístico. As primeiras reuniões aconteceram na segunda-feira (08/05), no município de Mampituba (RS), e na terça-feira (09/05), em Jacinto Machado.

“Estamos vivendo uma nova fase do turismo na região. Como um Geoparque Mundial da Unesco, nosso foco é desenvolver o turismo sustentável. Precisamos potencializar os atrativos dos municípios de forma qualificada e estratégica para acompanhar as oportunidades que estão surgindo com o aumento do fluxo de turistas no território. O projeto realizado junto com o Sebrae/SC é fundamental para avançarmos com sucesso, envolvendo o trade e a comunidade neste processo”, afirma o presidente do Consórcio Intermunicipal Caminhos dos Cânions do Sul e prefeito de Praia Grande, Elisandro Machado (Fanica).

Confira a agenda das próximas reuniões:

10/05 – Morro Grande – 17h, na Prefeitura Municipal (hoje);
11/05 – Timbé do Sul – 9h, na Câmara de Vereadores;
12/05 – Cambará do Sul (RS) – 9h, no Eco Hotel;
23/05 – Praia Grande – 19h, na Prefeitura Municipal;
25/05 – Torres (RS) – 9h30, no Hotel A Furninha.